A história do Mercado Central de Santiago data de 1817, quando uma tradicional feira de rua ganhou um espaço fixo em o prédio do governo. Desde desta época o local mudou bastante, sofreu um incêndio, algumas reformas, mas nunca deixou de ser um imponente edifício no centro da cidade de Santigo que abriga os sabores que representam a cultura local.

Mais do que restaurantes, o espaço é um mercado de produtos frescos. Nas bancas dedicadas aos frutos do mar é possível ver a variedade de peixes, mariscos e outras delícias disponíveis na região.

Você pode experimentar frutas e verduras típicas do Chile. Com um clima diverso, que vai das geleiras austrais até deserto do Atacama, não faltam opções para descobrir. Destaque para a Chirimoya, fruta andina parente da graviola e da fruta do conde, e para o Copao, uma fruta gourmet vinda das regiões áridas. como o Atacama. As duas frutas são encontradas como suco ou sorvete em muitos lugares, mas no mercado é possível ver essas e outras frutas locais, como o morango branco.

Porção de entrada, só com as patas da centolha.

Opções de restaurantes, não faltam. São mais de 50 espaços. Provamos a centolha no Donde Augusto, típico restaurante turístico, que não tem uma culinária rica, mas é uma experiência que vale a pena. Na nossa primeira visita, em 2009, não provamos a centolha inteira. Pedimos uma opção de entrada, só as patas em um porção menor.

Mas o que é a centolha, também conhecida como kings crab? É um grande crustáceo que habita os fundos marinhos das águas frias da costa do Pacífico da América do Sul. Da segunda vez, com três adultos para provar encaramos a centolha inteira.

Essa aí é a opção pequena, de mais ou menos 2 a 3 quilos. É possível pedir a média ou até a grande que pode chegar até 4 quilos. Só recomendo para grupos com mais de 5 pessoas. Ah, e não se preocupe em ficar martelando, quebrando e cortando, como fazemos com os caranguejos pequenos. O garçom abre e separa os pedaços com uma ferramenta especial e muita habilidade para você aproveitar só a carne.

O sabor é parecido com o do caranguejo que comemos no Brasil, um pouco mais marcante, mas ainda é mais suave que a lagosta. Como é preparado somente na água, sem tempero, é servido com um acompanhamento de um molho oleoso, com bastante alho, onde você molha a carne antes de comer.

Pela foto acima pode ver que não deixamos nada para trás. É um prato para quem gosta de frutos do mar, pois você vai sentir o real sabor do ingrediente. Alguns lugares servem a carne da centolha gratinada ou empanada, mas acho que o que vale, neste caso é a experiência de conhecer o mercado, seus produtos e terminar com esse rei dos mares gelados do sul.

MERCADO MUNICIPAL DE SANTIGO
Ismael Valdés Vergara, 956. Santiago – Chile
www.mercadocentral.cl

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *